FFArtboard 7.png
FFArtboard 6.png
FFArtboard%205_edited.png

Daniel Moutinho

Artista Associado

Nasceu em Lisboa, em 1989. Licenciado em Teatro pela Universidade de Évora (2007-2010). Pós-Graduado em Artes da Escrita na FCSH (2011-2013). Mestre em Arte Multimédia, especialização em Audiovisuais pela FBAUL (2014-2018).

 

Frequentou workshops com Manuel Vason, Hancock & Kelly; Cia. Phillipe Genty e Guillermo Gomez Peña. Criador das performances Absolutamente Falso, apresentado no FIKE em 2009; Cravo, apresentado no Festival Escrita na Paisagem em 2011, no contexto do estágio profissional pela Colecção B, associação cultural; Outra Lição de Anatomia, apresentada na Exposição Internacional Tadeusz Kantor em Évora, produzido pela Colecção B, associação cultural, na exposição Máquina Tadeusz Kantor no SESC Consolação em São Paulo, e na Settimana Kantoriana, em Salerno, em 2015; e A Fila Para o Pão, apresentado em Évora, em 2020, e produzido pela Colecção B, associação cultural. Foi co-criador e intérprete na peça Filhos do Retorno, do Teatro do Vestido (2017-2018).

 

Dramaturgo de É quando choro que tenho a certeza que estou a morrer apresentado na Malveira em 2010 e O meu não lugar apresentado em Maputo, em 2019. Foi assistente de dramaturgia e tradutor de Kaite O’Reilly e Philipp Zarrilli no Festival Escrita na Paisagem 2010. Foi assistente de encenação da peça Ocupação do Teatro do Vestido e documentalista no Arquivo-Vivo da companhia, em 2019.

Curador da plataforma From My Window, com Nuno Veiga, em 2020. Formador no workshop Auto-Retrato de um Reflexo Nebuloso: entre a escrita autobiográfica e a imagem do corpo confinado, com Samara Azevedo, no 9º Festival de Artes Cénicas de Bauru, no Brasil, em 2020.

Apresentou duas vídeo-performances Anatomia de um afecto e A Fila para o Pão no Festival de Artes Cénicas de Bauru em 2020. E foi o videasta responsável em Sempre que Acordo de Lara Mesquita. É artista associado da Colecção B, associação cultural.